/cc/ - Copi Cola

Ctrl-C, Ctrl V
Name
Email
Subject
Comment
File
Password (For file deletion.)

File: 1534647855079.jpg (28.39 KB, 599x582, xuxa renovando o pacto com….jpg)

 No.15

O ano é 2014.
O debate presidencial entre os candidatos do 2o turno Mandioca Rousseff e Aécio Neves está sendo transmitido ao vivo pela Globo, milhões de pessoas estão assistindo.

Após aproximadamente dez minutos de debate contra Mandioca, Aécio sofre um colapso mental. Ele rasga suas roupas enquanto grita jargões homofóbicos e elitistas contra a presidenta lésbica e os beneficiados do Bolsa Família. Dezenas de notas de 100 Reais caem dos seus gibeiras, todas fresquinhas do caixa eletrônico, algumas enroladas em forma de tubo. Caem também alguns saquinhos com um pó branco até então não identificado.

Aécio Neves continua a despir-se até ficar somente de cueca. O candidato então puxa a rôla pra fora da cueca e começa a se masturbar enquanto grita dizendo "os pobres que se fodam". O seu pênis é visívelmente circuncidado e uma tatuagem da Estrela de Davi é visível na virilha. Após ejacular três vezes sobre as notas no chão, Aécio continua a despir.

Já sem roupa alguma para cobrir suas vergonhas, o presidenciável começa a rodar violentamente como um peão. Sua peruca cai e atinge um dos presentes no auditório. Ele agaixa, vira de costas e com a força de um tucano raivoso, agarra cada uma de suas nádegas com as mãos de forma tão violenta que suas unhas por cortar fincam-se em sua pele. O auditório vê aquela cena dantesca completamente descrédula. O bom mineiro então afasta as nádegas e revela uma segunda Estrela de Davi tatuada em vola do seu ânus.

 No.16

-ELES FIZERAM ISSO COMIGOOOO!

Grita o candidato fora de si a medida que fezes jorram para fora de seu corpo perturbado em direção à platéia

-OS JUDEEEEEEEEEUS

Continua Aécio.

Após banhar os presentes com bôlo fecal, Aécio continua com o seu rodopio frenético até perder o equilíbrio e cair no chão, soltando uma gargalhada demoníaca e deixando-se lambuzar pelo excremento que ainda restava em seu reto.

Apesar do choque de todos presentes, a Presidenta Mandioca Rousseff permanece calma e serena. Uma áureola paira sobre sua cabeça e com o caração de depósito de porra guerreira e mãe de todos os brasileiros, ela caminha até Aécio, ajoelha-se e beija a sua testa. Somente o beijo de Mandioca Rousseff é capaz de apaziguar o Tucano, que entra num trance, tal qual um bebê ao ver a mãe.

A Amada Presidenta retira o xale que trazia nos seus ombros e cobre Aécio Neves, garrega-o no colo, retira o seio esquerdo para fora e passa a amamentar o candidato enquanto canta Ave Maria de Schubert.

Reonhecendo a ternura, paciência e amor inesgotáveis de Mandioca Rousseff, William Bonner declara Mandioca como Presidenta Eterna do Brasil e se ajoelha com as mãos estendidas e os olhos cheios de lágrima. O apresentador então pede perdão por toda a calúnia e difamação que a Rede Globo propagou contra a Presidenta e o PT ao longo dos anos. Mandioca perdoa os seus crimes e assopra um beijo no coração de Bonner.

-NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOO!!!!!!!

Grita Charles Bukowski em agonia, que acompanhava o debate desde o início no fundo do auditório, enquanto se transforma num Pterodáctilo e sai voando dos estúdios da Rede Globo. Ele nunca mais foi visto.



[Return][Go to top] [Catalog] [Post a Reply]
Delete Post [ ]